Terça-feira, 22 de Agosto de 2017 às 19:28

Morre o locutor esportivo Willy Gonser
Uma das vozes mais marcantes do rádio brasileiro nos deixou. Na manhã desta terça-feira (22), morreu, aos 80 anos, Willy Gonser, ex-narrador que emocionou a torcida alvinegra por mais de 30 anos. "O mais completo do Brasil", como era conhecido, faleceu em decorrência de uma pneumonia. Natural de Curitiba (PR), Willy começou sua trajetória em 1953, na Rádio Marumby, em sua terra natal. À época, ele atuava nas chamadas musicais e noticiários cotidianos. Sua primeira chance na editoria de esportes veio em 1955, quando substituiu um narrador que estava passando mal. Desde então, não abandonou mais os microfones. Em 1979, ele passou a emocionar os torcedores mineiros com sua voz, pela Rádio Itatiaia. Naquele ano, ele narrava as partidas de todos os clubes. Porém, pouco depois, passou a ser exclusivo do Atlético, clube que criou uma grande identificação, sendo, inclusive, homenageado com o Galo de Prata, maior honraria alvinegra, em 2001.




Anderson Cheni
Colaboração: Anderson Cheni
Jornalista, Editor do blog Cheni no Campo, apresentador e comentarista da RIT TV, comentarista esportivo do Portal Terra e colunista de esportes da Nossa Rádio FM. Com mais de 20 anos de atuação na cobertura esportiva, soma passagens por emissoras de rádio de Mato Grosso e Capivari (SP). Em São Paulo, trabalhou nas rádios Record, Capital, Globo e CBN e nas TVs Sky e Rede Brasil. Foi editor-chefe do extinto jornal O Fiel.   

Problema com áudio?




Postagem relacionada


Deixe um comentário (Conta Facebook)