Publicado sábado, 17/03/2018 às 17h49

Roberto Canázio
A Nova Rádio Globo proporcionou ao seu ouvinte que agora é chamado de "bom de orelha"  uma sequência de erros que dificilmente você encontra em rádios amadoras. Deu tudo errado ao vivo durante o  o  programa Revista Rádio Globo,  domingo (11), entre  7:30 e 11 horas da manhã.  Talvez tenha sido a maior sequencia de erros técnicos consecutivos da história do rádio do Brasil (ouçam os áudios abaixo). Essa "façanha" pode colocar a emissora no livro dos Recordes (Guinness Book), como a maior sequencia de erros técnicos de uma rádio profissional no Brasil ou quem sabe no mundo.  Foi pra tudo quanto é gosto, teve erro nas ligações ao vivo, em matérias gravadas, na chamada de músicas o roteiro estava errado ou o computador ou programador ou ambos estava fora de sintonia, Chamava Djavan e entrava Aerosmith, parece brincadeira, mas é coisa séria que não acontece nos programas das estrelas globais durante a semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 


Dentro do possível o comunicador Roberto Canázio tentou manter a calma, mas a cada novo erro sua serenidade ia dando lugar a uma indignação maior do que a do ouvinte que se depara há meses com profundas mudanças na programação, na plástica, na  comunicação e principalmente na equipe de jornalistas, radialistas e profissionais da área técnica que deu lugar a jovens profissionais e artistas da tv.  Mas a área técnica da Rádio Globo   era inquestionável, tinha o padrão Globo de Qualidade, pois é ... ela também foi afetada e o ouvinte que é bom de orelha mudou na ora de emissora, uma pena já que Canázio  é um ótimo comunicador, um dos poucos que ficou após a profunda reformulação, seu programa é semanal e foi afetado pelo descaso ou descuido dos pseudos "responsáveis".  O comunicador ironizou falando que esse era o rádio moderno, refém da tecnologia e que em outra época  um erro  ao colocar uma vinheta  gerava punição e hoje é normal. Completamente  indignado com os erros tentou manter os nervos no lugar e pediu desculpas aos ouvintes.


Colaboração: Anderson Cheni
Jornalista, Editor do blog Cheni no Campo, apresentador e comentarista da RIT TV, comentarista esportivo do Portal Terra e colunista de esportes da Nossa Rádio FM. Com mais de 20 anos de atuação na cobertura esportiva, soma passagens por emissoras de rádio de Mato Grosso e Capivari (SP). Em São Paulo, trabalhou nas rádios Record, Capital, Globo e CBN e nas TVs Sky e Rede Brasil. Foi editor-chefe do extinto jornal O Fiel.

Role para baixo e deixe seu comentário

Problema com áudio?



Poderá gostar




Postagem relacionada



Deixe seu comentário



Está opção de comentário esteve ativada por um período muito curto, entretanto, decidimos ativá-la novamente.
Vale ressaltar que, a visualização desta opção em cada publicação, se dará gradativamente.