Quinta-feira, 12/05/2016 - 09:40 - O plenário do Senado Federal aprovou, na madrugada desta quinta-feira (12), a instauração do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com 78 senadores presentes, 55 votaram

favoravelmente à continuidado do processo de impedimento, enquanto 22 votaram não. Apenas o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), optou por não votar.
Antes da votação, realizada por meio de painel eletrônico, os senadores que se inscreveram tiveram a oportunidade de defender seus votos por até 15 minutos cada. Por isso, a sessão que teve início às 10h de quarta-feira, só se encerrou às 6h40 desta quinta (12), após o pronunciamento do Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo e da votação.
Diferentemente da Câmara, no plenário do Senado não houve orientação das lideranças anteriormente à votação.

Role para baixo e deixe seu comentário

Problema com áudio?



Poderá gostar




Postagem relacionada



Deixe seu comentário



Está opção de comentário esteve ativada por um período muito curto, entretanto, decidimos ativá-la novamente.
Vale ressaltar que, a visualização desta opção em cada publicação, se dará gradativamente.