Quinta-feira, 19 de Maio de 2016 - 06:02 - O Flamengo escreveu, nesta quarta-feira (18), um capítulo relevante de sua história. Mas contraindo a lógica, foi algo para ser esquecido. A derrota por 2 a 1 para o Fortaleza (dois gols de Pio e Alan Patrick descontando), em Volta Redonda, representou a pior campanha do Rubro-Negro na Copa do Brasil. Com uma atuação segura e se fazendo de dono do jogo durante os 90 minutos, o Tricolor cearense garantiu, até com certa tranquilidade, a vaga na terceira fase da competição. O adversário será o América-MG. As informações são do G1.

Com a eliminação da Copa do Brasil, o Flamengo poderá disputar a Copa Sul-Americana neste ano. O próximo compromisso do Rubro-Negro é neste domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Fortaleza recebe o River-PI na próxima segunda-feira, pela Série C do Brasileirão.

Para o Flamengo, não tinha mistério. O jeito era buscar o ataque desde o início para fazer o 1 a 0 que bastava para sua classificação. E assim foi: o Rubro-Negro foi para frente, mas quem fez o 1 a 0 foi o Fortaleza, em seu primeiro chute a gol. Aos três minutos, Pio aproveitou passe de Everton que passou por toda a área e fuzilou. Desorganizado e apático, o Flamengo até ameaçou esboçar uma reação no início da segunda etapa. Mas o Fortaleza, em vez de retardar a
partida e esperar o tempo passar, tratou de aproveitar os espaços deixados pelo Flamengo e sair para o ataque sempre que possível. E assim sacramentou a classificação aos 19 minutos, novamente com Pio, chutando uma bola que passou por baixo do corpo de Paulo Victor. Aos 43 minutos, quando pouco se podia fazer, Alan Patrick marcou de falta o gol de despedida do Flamengo na Copa do Brasil.

Role para baixo e deixe seu comentário

Problema com áudio?

Perguntas frequentes



Poderá gostar




Postagem relacionada



Deixe seu comentário