O Volta Redonda é o campeão da Taça Rio 2016. Na tarde deste domingo (01/05) em São Januário, o Voltaço teve uma grande atuação, principalmente na segunda etapa, venceu o
maior rival, Resende, por 3 a 0 e coroou sua grande campanha no Campeonato Carioca com a conquista. A partir de junho, o Tricolor de Aço vai disputar a Série D do Brasileirão. 

Já o Resende, perdeu a chance de chegar à competição nacional. Para conquistar a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, o Gigante do Vale precisava do título e como não conseguiu, o Boavista ficou com o último posto destinado ao Rio de Janeiro.  As informações são do Futrio.net

Primeiro tempo equilibrado e sem gols 

O jogo começou muito estudado, com as duas equipes se arriscando pouco ao ataque e até cometendo algumas faltas. A primeira chance ocorreu apenas aos 11 minutos e foi do Volta Redonda. Bruno Barra tabelou com Tiago Amaral, chutou da entrada da área e a bola passou rente a trave esquerda de Arthur, que apenas olhou. Na volta da parada técnica, o Resende marcou, mas o gol foi anulado. 

Marcelo cobrou falta para a área, Jhulliam desviou e Rogério mandou de cabeça para o fundo das redes, mas o zagueiro estava impedido e a jogada foi anulada. Logo em seguida, em rápido contra-ataque, Niltinho recebeu de Vinícius Pacheco, invadiu a área, passou pela marcação e tirou de Arthur, mas acabou mandando para fora e perdeu a melhor chance da partida. 

Aos 42 minutos, o Volta Redonda saiu jogando errado, Robinho roubou a bola, passou para Wandinho, que rolou para Jhulliam, dominar e bater forte, mas Mota fez uma boa defesa, salvando o Voltaço. Com um primeiro tempo muito corrido, mas com poucas chances de gols, o intervalo chegou com o placar inalterado.  

Avassalador no segundo tempo, Volta Redonda é campeão 

A primeira chance da segunda etapa ocorreu logo aos seis minutos. Vinicius Pacheco cobrou escanteio da esquerda, Tiago Amaral subiu mais que a defesa do Resende e cabeceou forte, mas a bola passou rente ao travessão e foi para fora. Em seguida, o Voltaço teve uma grande chance com Niltinho, mas Arthur foi arrojado na jogada, saiu nos pés do atacante e impediu a finalização.

 

Aos 15 minutos, Marcelo avançou pela direita e rolou na medida para Tiago Amaral, que chutou da entrada da área e acertou o travessão. Depois de tanto insistir, o Volta Redonda abriu o marcador. Léo Silva falhou, recuou errado para Arthur, Dija Baiano roubou a bola, driblou o goleiro e mandou para o fundo das redes. Logo depois, o Resende quase empatou com Marcel, mas dentro da área, o meia pegou mal na bola e mandou por cima da meta. 

Com a vantagem no placar, o Volta Redonda passou a administrar a posse de bola e mostrava tranquilidade para trocar passes. Já o Resende mostrava nervosismo e errava muito. No fim da partida, o Gigante do Vale buscou pressionar, mas foi o Voltaço quem matou o jogo com mais dois gols. 

Bruno Barra soltou uma bomba de fora da área, sem chances para Arthur, e fez 2 a 0. E ainda deu tempo, após um rápido contra-ataque, de Tiago Amaral, o artilheiro da competição, fechar o placar e chegar ao seu décimo gol no Campeonato Carioca. Tricolor de Aço campeão da Taça Rio. 

A partida
Volta Redonda 3x0 Resende - Taça Rio, Final - 01/05/2016
Estádio São Januário (Rio de Janeiro - RJ) 
Árbitro: João Batista de Arruda 
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Diego Luiz Couto Barcelos
Volta Redonda: Mota; Luís Gustavo, Luan, Mailson e Cristiano; Bruno Barra, Marcelo e Vinicius Pacheco (Pablo 32’/2ºT); Tiago Amaral, Niltinho e Dija Baiano (Rafael Pernão 40’/2ºT). Técnico: Felipe Surian.
Resende: Arthur; Muriel (Borja 31’/2ºT), Rogério, Thiago Sales e Kim; Gustavo Moura, Léo Silva e Marcel (Diego Neris 36’/2ºT); Robinho, Wandinho e Jhulliam. Técnico: Marcelo Cabo.

Cartões amarelos: Luan e Niltinho (VOL); Muriel (RES) 

Gols: Dija Baiano 17'/2ºT (1-0); Bruno Barra 46’/2ºT (2-0); Tiago Amaral 48’/2ºT (3-0)

Problema com áudio?




Postagem relacionada


Deixe um comentário (Conta Facebook)